Ao Cadáver

Ao Cadáver

Infinitos são os agradecimentos àqueles que, através de seus corpos inertes — sem vida na carne, porém com vida em espírito —, permitiram-nos aprender e apreender conhecimentos tão necessários ao nosso estudo durante a nossa jornada do curso. Aos poucos substituímos o medo da carne fria pelo respeito aos indigentes, a insegurança da palpação pela leveza do toque seguro e a incerteza dos mortais pela consciência da própria morte. O seu silêncio é um santuário que merece respeito e agradecimento. Em silêncio… Apenas em pensamento… Manifestamos nosso muito obrigado.

Mensagem de Formatura