Poema de despedida

“É hora de partir, meus irmãos, minhas irmãs.

Eu já devolvi as chaves da minha porta

E desisto de qualquer direito à minha casa.

Fomos vizinhos durante muito tempo

E recebi mais do que pude dar.

Agora vai raiando o dia

E a lâmpada que iluminava o meu canto escuro

Apagou-se.

Veio a intimação e estou pronto para a minha jornada.

Não indaguem sobre o que levo comigo.

Sigo de mãos vazias e o coração confiante”.

(Rabindranath Tagore)

Dentre almejos, desejos e sonhos, cá estamos. Formamos! Foram anos de aprendizagem, não só sobre as ciências da saúde, mas sobre convivência e vida, onde os novos colegas que se tornaram amigos, as cervejas que nos reuniram, as conversas que produziram sorrisos, o sono que foi substituído pelos livros, os professores que fizeram mais do que lecionar, os filhos e amores que surgiram, as pessoas que nos deixaram, as questões sempre a serem resolvidas, os anseios pela aprovação, a expectativa da conquista e as dificuldades que todos nós vencemos certamente nos tornaram, ao fim, melhores do que éramos a princípio. Independente dos objetivos iniciais, finda-se uma fase e se origina outra. Comemoremos! A todos os percalços ao longo desses anos, brindemos!

Mensagem de FormaturaFinaisPoema de despedida “É hora de partir, meus irmãos, minhas irmãs. Eu já devolvi as chaves da minha porta E desisto de qualquer direito à minha casa. Fomos vizinhos durante muito tempo E recebi mais do que pude dar. Agora vai raiando o dia E a lâmpada que iluminava o meu canto escuro Apagou-se. Veio a intimação e...Inspire-se aqui